Permite-me

terça-feira, novembro 30, 2010 / Postado por And_Rodrigues /

Ao que tudo indica as férias de Vicente serão mais longas do que eu imaginei, mesmo por que o fim do semestre na faculdade não ajuda muito a escrever, rsrsr...mas não posso simplesmente ignorar os outros textos.
Agradeço a todos que acompanham, e também a esses peço desculpas pela demora em postar novamente.




Permite-me



Querendo despertar
por um breve momento,
Me permiti, me permitindo
Mesmo que por um breve instante
Sonhar.

E Sonhei
Com teus olhos brilhantes
Teu sorriso encantador de menina,
Teus braços que me recebem numa prisão
Oh prisão!...que prisão!

M permitindo, sonhei,
Sonhou que vira realidade?
Meus braços envoltos em ti
Teu rosto, fazendo teus lábios
Tocarem, junto com a inquietude
Dos teus cabelos, tocarem meu peito
No meu breve sonho a manha chega
Como a manhã, me ponho em pé

Olhas para mim, e convida-me com um sorriso
A voltar para junto de ti
Onde deveria estar
Mas não diz nada,
Somente faz encantar-me como música
Nada, tu diz
Sonho
Sonho do qual não mais precisava despertar




^AR^




.

2 comentários:

Comment by Camila on 7 de dezembro de 2010 16:29

ta inspirado heim amigo...rs
beijos!feliz natal !

Comment by Vanessa on 4 de janeiro de 2011 15:11

Nossa more!!!
Lindo!!!
Lindo!!!
Lindo!!!

eu SEMPRE amo o seu poemas!!!
muito lindo esse..
rsrs mas meu preferido é o olhe nos meus olhos!!
pq sera?

bjus

Postar um comentário